Animais soltos têm dias contados alerta Vigilância

      Os proprietários de animais de grande porte em Franca, que estão insistindo em deixá-los soltos em alguns pontos estratégicos da área urbana, causando riscos de acidentes e outros transtornos devem ficar alertas, pois isso está com os dias contados. O alerta em tom de orientação é da Vigilância Sanitária, que está acompanhando a evolução do processo licitatório que resultou nessa semana, na contratação de uma empresa especializada na captura e manutenção do Canil/Gatil, cujas obras também estão sendo finalizadas.

      O diretor da Vigilância Sanitária, Nelson Elias Salomão comentou nesta quarta-feira, que mesmo enfrentando dificuldades para destinar os animais que são apanhados soltos pelas vias públicas e praças, o trabalho vem sendo realizado. Quando as pessoas avisam na Vigilância uma equipe desloca ao local e quando identificados, os proprietários são notificados a responder pelos seus atos. Com a homologação do processo licitatório, publicado nesta quarta-feira no Diário Oficial, a empresa Ricardo de Almeida Souza ME, foi habilitada a prestar esses serviços.

      O contrato deve ser assinado nos próximos dias, bastando que a empresa responsável pelo término do Canil conclua aquilo que é de sua responsabilidade. O diretor da Vigilância esteve vistoriando as obras no bairro City Petrópolis e informou estar confiante que isso ocorra nas primeiras semanas de fevereiro. Com o ambiente físico pronto, os animais soltos serão recolhidos e apreendidos, onde os proprietários somente poderão retirá-los mediante o pagamento da multa correspondente, além ficarem sujeitos a responder a processos administrativos.

Vigilância mantém rotina de vacinas contra Febre Amarela

     A secretaria municipal de Saúde mantém dentro de sua rotina, com os estoques regulares nas UBS, o programa de vacinação contra Febre Amarela, fornecendo ao usuário a dose completa com validade para o resto da vida. A informação foi transmitida pela Vigilância Epidemiológica, na manhã dessa sexta-feira, diante de alguns questionamentos surgidos a partir da situação mais preocupantes ocorrida em cidades próximas de São Paulo e no litoral, onde ocorreram mortes de macacos e óbitos de humanos.

      De acordo com os dados, é fornecida a dose única a partir dos nove meses de idade até 60 anos, que garante imunidade vitalícia não necessitando dose de reforço diferentemente de anos atrás. Atualmente, a pessoa que fez uma dose na vida está imunizada. Nos municípios afetados da grande São Paulo, em virtude da situação de emergência, está sendo aplicada a dose fracionada, com validade por 8 anos.

      De acordo com a Vigilância Epidemiológica a vacina faz parte do calendário normal do município, assim como em outras áreas do país. Diferente de regiões do Estado que não tinham essa cobertura e que agora apresentaram casos com óbitos. Essas regiões são: grande SP, Vale do Paraíba e litoral.

      Foi recomendada a estratégia de fracionamento da vacina, que consiste em diminuir para 0,1ml a dose padrão de 0,5ml. Essa orientação é da OMS quando há aumento de epizootias em cidades com elevado índice populacional. A dose fracionada não garante a imunidade vitalícia como a dose padrão feita em Franca. A proteção da fracionada é de 8 anos.

     Como em Franca sempre teve por rotina a vacina, a cobertura é considerada excelente é o estoque assegura a proteção aos seus munícipes. A recomendação para aqueles residentes em Franca que nunca tomaram a vacina e que forem viajar é que procurem as Unidades Básicas de Saúde que receberão a dose completa normal, não fracionada, que imuniza pra toda a vida.

Saúde prepara ações preventivas no Carnaval

     Falta pouco menos de um mês para as festividades de Carnaval, que este ano ocorrerá a partir do dia 9 de fevereiro, e as equipes da secretaria de Saúde e em especial do CTA (Centro de Testagem e Aconselhamento), estão trabalhando internamente a logística da campanha. Voltadas a orientar os foliões e a população em geral sobre as doenças sexualmente transmissíveis, essas campanhas acontecem periodicamente, mas em datas festivas ganham reforço e operações reforçadas.

      Nesse sentido para o próximo ao período de Carnaval, a campanha ganhará as ruas com abordagens e os chamados ‘pedágios’, não de cobrança, mas para fornecer folhetos, preservativos e outros materiais alusivos ao tema prevenção em DST. Um dos responsáveis pelo Centro de Testagem informou nesta quarta-feira, que é importante que sejam espalhadas informações ao maior número de pessoas possíveis, pois estas podem fazer diferença na saúde e na vida.

      Conforme o calendário e os preparativos em curso, do dia 5 ao 9 de fevereiro serão feitos o ‘pedágios’ em alguns pontos estratégicos da cidade, oferecendo preservativos e dicas de cuidados necessários. Geralmente os locais escolhidos são vias públicas de grande fluxo de pessoas. Nesse sentido estão sendo compostos grupos de estudantes de medicina e enfermagem que se disponibilizarão para participar dos pedágios oferecendo todas as informações da área da saúde.

     Além dos pedágios, estudantes em conjunto com profissionais das UBS realizarão visitas às escolas de samba levando a campanha para o Carnaval de rua. Também são oferecidos preservativos no CTA, em qualquer época do ano, localizado na Rua General Osório, 1417. Maiores informações, (16) 3724-3920.

 

Prefeitura Municipal de Franca

Todos juntos, governo e população, seguindo em frente Compartilhando e Avançando de bem com Franca.
logo ipv6br fundo transparente facehost

Contato

  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 (16)3711-9000
 Rua Frederico Moura, 1.517 - Cidade Nova - Franca/SP - Cep: 14401-150 CNPJ:47.970.769/0001-04 - I.E: isento

Redes Sociais