Vigilância alerta: Com chuvas cuidados com a dengue devem ser redobrados

     O ano está começando, nos períodos de sol o calor é muito forte e o ambiente fica cada vez mais propício para a proliferação do mosquito transmissor da dengue. Embora com uma situação relativamente confortável, com 291 notificações até novembro do ano passado, 44 registros de casos autóctones e 2 importados confirmados, a Vigilância Sanitária mantém sua estrutura e operações diárias de visitas nos bairros, atuando preventivamente com orientações sobre as formas de eliminar os ambientes que possam servir de criadouro.

     O diretor da Vigilância Sanitária, Nelson Salomão informou que o trabalho para os agentes é considerado de rotina e foi retomado normalmente na terça-feira depois do meio dia e continua durante este e os meses seguintes. Mas o êxito nas diligências vai depender muito da conscientização de cada morador, se mantendo atento e fazendo a sua parte, ou seja ‘a lição de casa’.

     Entre os cuidados ele menciona a verificação ao menos em toda a semana, se não existe no quintal ou na varanda vasos com água parada, limpando as calhas, mantendo as caixas de água fechadas, entre outros cuidados.

     Os números no âmbito do Estado sinalizam com uma redução em torno de 77% nos casos de dengue em relação ao ano de 2016 e a cidade precisa estar vigilante e participando das campanhas. Os agentes nas suas abordagens estão sempre uniformizados e com o crachá de identificação. E quando algum morador tiver dúvidas deve ligar na Vigilância, tel. 3711-9408, lembrando que as equipes atuam com cerca de 50 pessoas, distribuídas em grupos e sempre com um supervisor fazendo acompanhamento.

     A necessidade de mais cuidados nessa época deve-se ao aumento das temperaturas e das chuvas frequentes, o que facilita o surgimento dos criadouros do mosquito aedes aegypti. Em Franca existe um trabalho contínuo, entre eles de um grupo e voluntários, com reuniões periódicas de avaliação e definição de ações pontuais e os arrastões de limpeza, como um previsto para sábado próximo, dia 6, em bairros da região Norte.

     É de ser lembrado que além da dengue, o mosquito aedes aegypti pode provocar também a Zika e a Chikungunya, daí a necessidade da população se manter vigilante e engajada nas ações conduzidas pela Poder Público.

Prefeitura Municipal de Franca

Todos juntos, governo e população, seguindo em frente Compartilhando e Avançando de bem com Franca.
logo ipv6br fundo transparente facehost

Contato

  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 (16)3711-9000
 Rua Frederico Moura, 1.517 - Cidade Nova - Franca/SP - Cep: 14401-150 CNPJ:47.970.769/0001-04 - I.E: isento

Redes Sociais