Cartão Alimentação fecha o ano com 7,5 mil famílias beneficiadas

 DSC 7502
     O Programa "Cartão Alimentação Social" lançado pelo prefeito Alexandre Ferreira, em setembro, para substituir, gradativamente, o formato até então adotado, de Cestas Básicas de Alimentos, possibilitou a partir de então, o atendimento de 7,5 mil famílias em condições de vulnerabilidade social. O valor do Cartão Alimentação é de R$ 161,95, cujo período de recebimento tem variações, de acordo com a situação da necessidade de cada família.
     As avaliações sobre as condições dos beneficiários são feitas por profissionais dos CRAS (Centro de Referência em Assistência Social), que funcionam em 5 regiões diferentes da cidade e os 2 CREAS (Centro de Referência Especializado em Assistência Social), que fazem a análise do grau de necessidade da família para o fornecimento do cartão. Com a observação de que as pessoas contempladas devem atender aos critérios sociais estabelecidos pela Lei Municipal de Benefícios Eventuais (7.927/2.013), como renda mensal per capita menor que meio salário mínimo ou mensal de até três salários mínimos.
     O Cartão Alimentação está sendo fornecido aos beneficiários com uma única carga, com validade de até seis meses, possibilitando recargas, de acordo com avaliação que é feita pelas equipes de assistência social. 
     De acordo com o prefeito Alexandre Ferreira, que acompanha de perto a evolução dos atendimentos dos beneficiários em toda a cidade, o programa prevê um investimento inicial de R$ 1,6 milhão até este final de ano, observando que os vereadores destinaram para 2.022, parte dos valores das impositivas do Orçamento Municipal para o cartão, permitindo a continuidade do atendimento das pessoas mais vulneráveis.

 

Mutirões distribuíram 26,7 mil Cestas Básicas
     É de ser lembrado que ao longo do ano, a Prefeitura realizou 4 mutirões de  entrega de cestas básicas, beneficiando cerca de 26,7 mil pessoas, cuja distribuição foi feita, setorialmente, em cada uma das 5 regiões da cidade. A criação do Cartão Alimentação Social chegou para facilitar o acesso da população aos alimentos, podendo comprar os produtos, diretamente, nos supermercados próximos as suas casas, evitando o deslocamento para a retirada de cestas.
     O prefeito Alexandre Ferreira lembra que esse novo formato também está estimulando e fortalecendo a economia local, tendo em vista que o dinheiro está sendo investido na cidade e não mais, em empresas fornecedoras de cestas de alimentos de outros municípios. Satisfeita com o balanço de beneficiários nestes 3 meses, a secretária de Ação Social, Gislaine Liporoni Peres, observou que é nítido o ganho para as famílias, com a opção de escolha dos itens que desejam, a partir do valor contido no cartão, eliminando por outro lado, a logística antes adotada de postos de distribuição. Isso representa economia ao Poder Público e o direito das pessoas de terem acesso ao alimento, conforme os seus gostos.
     Ao todo, 132 estabelecimentos comerciais da cidade, distribuídos em diferentes bairros, estão credenciados junto à empresa vencedora da licitação para a administração e o fornecimento do Cartão Alimentação Social. Entre eles supermercados, hipermercados, armazéns, açougues, mercearias, peixarias, comércios de laticínios ou frios, varejões, panificadoras e similares, dentre outros. 

Último dia para destinar recursos e abater no Imposto de Renda

 pexels nataliya vaitkevich 6863175 2 597x640
     A Secretaria Municipal de Ação Social informa que termina nesta quinta-feira, 30, o prazo para que contribuintes, que declaram Imposto de Renda, façam suas destinações, com direito a dedução até 6%, no caso de pessoas físicas. As deduções de caráter filantrópico estão previstas para os Fundos de Direito da Criança e do Idoso.
     A pessoa pode através do site da Prefeitura, https://www.franca.sp.gov.br/pmf-doacao/ e emitir o boleto, consultando a relação das entidades. Posteriormente, basta preencher os dados pessoais e o valor desejado, guardar o comprovante e utilizá-lo para depois abater no momento em que for declarar o Imposto de Renda em 2.022. Pessoas jurídicas também podem contribuir com até 1% do lucro líquido.
 

Prefeitura investe mais de R$ 1,6 milhão em Residências Inclusivas neste ano

 WhatsApp Image 2021 12 28 at 08.39.48 1

     Projeto concretizado pelo prefeito Alexandre Ferreira, desde a sua primeira gestão, entre 2013-2016, as Residências Inclusivas atendem, em Franca, atualmente, 36 pessoas, distribuídas em três unidades com 12 em cada uma. A última foi inaugurada no primeiro semestre deste ano.

     As unidades integram o Serviço de Acolhimento para Jovens e Adultos com Deficiência da Política de Assistência Social e compõem a rede de Alta Complexidade do SUAS (Sistema Único da Assistência Social), acolhendo pessoas sem vínculo com familiares ou sem condições de cuidarem de si próprias.

     Neste ano, a Prefeitura investiu mais de R$ 1,6 milhão para a prestação dos serviços, que contam com a gestão da Fundação Judas Iscariotes, instituição que foi classificada em processo de Chamamento Público.

     Vinculadas à Secretaria de Ação Social é importante mencionar que todo o acolhimento ofertado nas Residências Inclusivas tem a finalidade de ser provisório, devendo a equipe trabalhar o fortalecimento de vínculos, com vistas a reintegração do acolhido, quando possível. Os beneficiados e famílias não têm custo nenhum, uma vez que a Política de Assistência Social garante os serviços, gratuitamente.

Prefeitura realiza ação de Cidadania nos condomínios do Copacabana

WhatsApp Image 2021 12 11 at 12.16.40 
     Com o intuito de oferecer serviços e orientações aos moradores dos bairros da cidade, a Prefeitura de Franca reuniu equipes das  secretarias e promoveu no último sábado, uma manhã de cidadania nos Condomínios Copacabana I, II e III, na região Oeste de Franca. A movimentação foi intensa desde às primeiras horas da manhã, onde os moradores puderam receber atendimento das equipes, que foram distribuídas em tendas na área interna do conjunto de apartamentos, onde residem mais de 400 famílias.
     A ação comunitária contou com os serviços das secretarias municipais de Ação Social, Desenvolvimento, Educação, FEAC, Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde e Fundo Social de Solidariedade. Uma unidade móvel da Sala do Empreendedor e Banco do Povo esteve presente, subsidiando às pessoas interessadas sobre créditos a micro e pequenas empresas, através do Banco do Povo, com juros a partir de 0,35%.
     Na mesma ocasião foi aplicada uma pesquisa junto aos moradores dos três conjuntos para identificar demandas para a realização de políticas públicas para aquela comunidade. 
     "As informações coletadas irão orientar a implantação e a expansão de serviços e ações nos bairros no próximo ano", destacou a secretária de Ação Social, Gislaine Liporoni Peres, concluindo que “essa ação possibilita uma maior aproximação e conhecimento da realidade e será realizada em outros bairros no próximo ano para subsidiar o planejamento do trabalho das secretarias municipais”.

Prefeitura entrega certificados para primeiros adolescentes do Programa "Minha Chance Jovem"

 DSC 1478
     Os primeiros 24 jovens, na faixa etária entre 14 e 18 anos, beneficiados pelo Programa "Minha Chance Jovem", receberam na tarde desta quinta-feira, 9, os certificados dos cursos de capacitação realizados, em parceria com a Fatec (Faculdade de Tecnologia) de Franca.
     A cerimônia de encerramento dos cursos foi realizada no auditório da Faculdade de Tecnologia e contou com a presença do prefeito Alexandre Ferreira, Daltro de Oliveira de Carvalho, diretor da unidade, Gislaine Liporoni e Lucimara Prado, secretárias de Ação Social e Desenvolvimento, respectivamente, Andréia Inocêncio, supervisora regional do CIEE, além do corpo docente da faculdade. 
     Os cursos de Mídias Sociais para iniciantes, Marketing Pessoal e Atendimento ao Cliente e Informática, ministrados na sede da Fatec, por cerca de dois meses, possibilitaram aos alunos, treinamento e capacitação profissional para o ingresso no mercado de trabalho, melhorando a qualidade de vida dos participantes e da família. 
     Durante a participação nos cursos, os estudantes receberam o material didático, vale transporte, lanche no horário de aula, reforço escolar e atividades de esportes e lazer, para que pudessem melhorar sua qualidade de vida, sem contar o auxílio de R$ 300,00, cujo pagamento foi realizado, mediante a frequência e participação nas atividades, avaliadas por uma comissão, composta por profissionais das unidades de assistência social. 
     O Programa "Minha Chance Jovem" foi criado pela Prefeitura para o atendimento à criança e adolescentes, que foram identificados durante uma abordagem da Secretaria de Ação Social,  em situações de trabalho infantil e de risco, passaram pelo acompanhamento dos CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) e CREAS (Centro de Referência Especializado em Assistência Social). A ação é coordenada pela Secretaria de Ação Social, com o apoio das secretarias de Desenvolvimento, Finanças, Educação, Saúde e FEAC e prevê o atendimento a cerca de 150 jovens, incluindo pessoas com deficiência, que recebem acompanhamento nos serviços socioassistenciais. 
      Wellington Silva de Paula, 38 anos, sapateiro, morador do Jardim Zelinda, pai do aluno Wilker, comentou que o curso foi uma grande oportunidade que o filho teve para ingressar no mercado de trabalho. "Eu agradeço muito a      Prefeitura e a Fatec, porque quando eu era jovem, não tive essa oportunidade e agora, oriento para que meu filho siga essa chance para ter um futuro melhor", destacou.
     Tatiane Cristina Silva, 36 anos, manicure, residente na Vila Santa Maria, mãe da estudante Ysabelle, disse que sua filha é muito aplicada e participar dos cursos gratuitos, garantirá a ela, conhecimento e a abertura de uma grande porta para que a jovem possa no futuro ser uma advogada e até juíza. 
     Daltro de Oliveira Carvalho, diretor da Fatec, ressaltou que foi uma satisfação ver os jovens se ocupando no ensino, na aprendizagem e viu com bons olhos os resultados conquistados. "A parceria com a Prefeitura é muito importante e uma soma de forças para alcançarmos essa amplitude", falou ele.
     Durante seu pronunciamento, o prefeito Alexandre Ferreira também reforçou a importância dessa união de forças entre as secretarias municipais e instituições parceiras, o que possibilitou o treinamento e a capacitação dos jovens, que poderão buscar, por meio da Educação, um futuro mais promissor, melhorando a sua qualidade de vida. "Estamos muito felizes em realizar essa parceria e poder entregar para vocês esses certificados. Significa mais conhecimento e capacitação para ingressarem no mercado de trabalho cada vez mais exigente", ressaltou o prefeito. 
     Ao final da cerimônia, Andréia Inocêncio, supervisora do CIEE (Centro Integrado Empresa Escola), anunciou que os formandos poderão ser direcionados para o mercado de trabalho, a partir das capacitações realizadas e orientou que os estudantes procurem a unidade da empresa (Av. Sete de Setembro, 500), apresentando os certificados para que possam fazer o cadastramento para posterior encaminhamento de vagas disponíveis. 
     Atualmente, um outro grupo de 28 jovens está participando do curso "Preparação e Educação para o Trabalho", que está sendo ministrado, em parceria com o SENAC (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial), com aulas por três dias na semana, cuja duração está prevista até março de 2.022.

Prefeitura Municipal de Franca

Prefeitura de Franca: Trabalho e compromisso com você.
logo ipv6br fundo transparente facehost

Contato

  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 (16)3711-9000
 Rua Frederico Moura, 1.517 - Cidade Nova - Franca/SP - Cep: 14401-150 CNPJ:47.970.769/0001-04 - I.E: isento

Redes Sociais